Estiagem prolongada está ajudando companhias aéreas

ABEARA falta de chuva em diversas regiões do Brasil vem agradando ao menos um setor da economia: o mercado de linhas aéreas. Durante o mês de setembro o número de voos domésticos aumentou cerca de 3% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Os brasileiros procuraram por voos domésticos justamente para a realização de passeios. Estes dados foram apresentados e relacionados pela Associação Brasileira de Empresas Aéreas (ABEAR)

Eduardo Sandovicz, presidente da ABEAR, assegura que o clima tem ajudado o turismo. “Com o calor, as pessoas costumam viajar” destaca o executivo.

Voos domésticos com objetivos turísticos foram as responsáveis pelo aumento dos números do setor e compensaram a baixa procura por voos corporativos. Segundo a ABEAR, executivos tendem a esperar os resultados das eleições assim como, as novas medidas econômicas para a realização de viagens de negócios.

Voos de negócios são responsáveis por cerca de 60% da procura por linhas aéreas. São negócios lucrativos para as empresas, uma vez que as passagens aéreas são sempre compradas de última hora.

Voos de lazer permitem que as empresas aéreas consigam planejar melhor suas frotas, assim como, é possível saber a taxa de ocupação de forma antecipada. Voos domésticos conseguiram chegar à marca de 78% de ocupação durante o período avaliado.

O outro lado desta história fica por conta da baixa rentabilidade das empresas. De acordo com o técnico da ABEAR – Maurício Emboaba mesmo com aumento de voos domésticos não foi possível assegurar a maior rentabilidade das companhias aéreas.

Maurício Emboaba e Eduardo Sandovicz explicaram que a ABEAR voltará a representar os direitos das companhias aéreas GOL Linhas Aéreas, TAM, Azul Linhas Aéreas Inteligentes e Avianca frente ao governo. Os executivos afirmaram que os voos no Brasil são mais caros do que em outros países devido a tributações.

Os dois ponderam que é necessário reduzir o preço do querosene, por exemplo. O combustível é responsável pelo maior custo observado durante os voos.

As companhias aéreas foram capazes de superar as mais distintas adversidades econômicas. Porém, agora é chegado o momento do governo federal apresentar medidas que garantam a estabilidade do setor.

A partir de agora até dezembro é esperado o aumento da demanda por voos domésticos devido às férias escolares e festas de final de ano.

ABEAR

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Spam protection by WP Captcha-Free